A Plataforma de Contêineres HPE visa unificar aplicativos legados e nativos da nuvem com Kubernetes

  • Relatórios de analistas
  • PDF 373 KB

Visão geral

A primeira pesquisa Voice of the Enterprise: DevOps (Voz da Empresa: Desenvolvimento e Operações, em tradução livre) da 451 Research mostra que 36% das organizações já adotaram Kubernetes, enquanto outros 21% estão na fase de descoberta/validação de conceito.

O entusiasmo pelo Kubernetes resultou em mais atenção dos fornecedores de infraestruturas tradicionais, que veem a ...

A primeira pesquisa Voice of the Enterprise: DevOps (Voz da Empresa: Desenvolvimento e Operações, em tradução livre) da 451 Research mostra que 36% das organizações já adotaram Kubernetes, enquanto outros 21% estão na fase de descoberta/validação de conceito.

O entusiasmo pelo Kubernetes resultou em mais atenção dos fornecedores de infraestruturas tradicionais, que veem a necessidade de suportar aplicativos baseados em contêineres e Kubernetes como algo crítico para lidar com o interesse cada vez maior em tecnologias nativas da nuvem e ambientes de nuvem híbrida. Nesse caso, o resultado é a Plataforma de Contêineres HPE, que usa Kubernetes de código aberto e tecnologias adquiridas para contentorizar aplicativos em um ambiente de nuvem híbrida. A HPE garante que a Plataforma de Contêineres HPE irá oferecer um plano de controle multilocatário seguro para implantar vários clusters Kubernetes no local ou baseados na nuvem.

A HPE está transferindo IPs de suas recentes aquisições MapR e BlueData para uma plataforma de software Kubernetes para aplicativos contentorizados da borda ao núcleo, com ênfase em contêineres bare-metal e armazenamento persistente integrado.