Um plano para operações de nuvem híbrida com economia e conformidade

  • Documento técnico
  • PDF 6 MB
  • 22 páginas

Visão geral

As empresas estão lançando serviços de nuvem para melhorar a produtividade, aumentar a agilidade dos negócios e acelerar o ritmo das inovações. Mas adotar esse novo paradigma e, ao mesmo tempo, oferecer o nível certo de visibilidade e controle, pode sobrecarregar os recursos e impactar as estratégias existentes de governança, risco, conformidade e custo. Além disso, as ...

As empresas estão lançando serviços de nuvem para melhorar a produtividade, aumentar a agilidade dos negócios e acelerar o ritmo das inovações. Mas adotar esse novo paradigma e, ao mesmo tempo, oferecer o nível certo de visibilidade e controle, pode sobrecarregar os recursos e impactar as estratégias existentes de governança, risco, conformidade e custo. Além disso, as organizações frequentemente não têm uma visão holística de sua postura de segurança e do estado dos controles, para satisfazer a regulamentadores internos e/ou externos.

Este guia irá ajudar você a descobrir jeitos de fazer o ajuste fino da supervisão e das operações de sua solução de nuvem híbrida.

 

Este plano feito por especialistas irá guiar você durante a “sintonia fina” da supervisão e das operações de seus investimentos em nuvem híbrida, ao mesmo tempo que ajuda você a conseguir operações de nuvem híbrida com economia e conformidade.

SUMÁRIO EXECUTIVO 03

As empresas estão lançando serviços de nuvem para melhorar a produtividade, aumentar a agilidade dos negócios e acelerar o ritmo das inovações.

PRINCÍPIO ORIENTADOR 2 10

Adote um mindset de conformidade automatizada contínua.

A ABORDAGEM DA HPE POINTNEXT 18

Ajude a otimizar a supervisão e as operações de seus investimentos em cloud pública.

UM GUIA PARA RE-HOSPEDAR, TRANSFORMAR E REARQUITETAR APLICATIVOS 05

Este plano apresenta jeitos prescritivos e automatizados de operar seus negócios em escala, dentro da nuvem híbrida.

PRINCÍPIO ORIENTADOR 3 14

Adote o controle contínuo de custo.

CONCLUSÃO 21

PRINCÍPIO ORIENTADOR 1 06